quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Berlusconi assegura continuação dos crucifixos

via Mente Vertical by Simão Salgado on 11/8/09
Berlusconi asegura que los crucifijos seguirán en las escuelas italianas

Silvio Berlusconi sai em defesa da tradição e dos verdadeiros valores e garante que os crucifixos não sairão das salas de aulas italianas, conservando a soberania em relação à União Europeia. O Tribunal Europeu de Direitos Humanos, com sede em Estrasburgo, em nome do laicismo e do socialismo, tenta ceifar as raízes dos europeus, mas encontrou resistência num homem que ainda pensa por si e pelo povo que o elegeu pois a população italiana conserva-se católica na sua esmagadora maioria. O corajoso primeiro-ministro italiano indiganado questiona e bem "Oito países da Europa têm cruzes nas suas bandeiras nacionais. Esta decisão do tribunal significa que esses países deverão retirar igualmente as cruzes das respectivas bandeiras só porque lá vivem alguns cidadãos que poderão sentir-se incomodados com tal símbolo?". E para além disso avisa ainda que "Trata-se de uma decisão não vinculativa, que não pode impedir a exibição dos crucifixos nas escolas do nosso país", considerando "inaceitável" a decisão do órgão máximo da nova justiça comunitária. "Quem caminha por qualquer cidade italiana não pode fazê-lo sem encontrar, a cada 300 metros, por qualquer direcção que vá, o símbolo que representa as raízes e tradições cristãs. Até mesmo um ateu, suponho, pode reconhecer o facto de que o crucifixo está profundamente ligado à nossa história", declarou Berlusconi. Em Portugal não há cristãos que se manifestem contra a descristianização porquê?

1 comentário:

Anónimo disse...

Desde que eu vi o macaco do Berlusconi, já acredito em tudo vindo deste senhor...

Related Posts with Thumbnails